Dono da Trimec e sócio de Mendes são alvos de 18 tiros


O empresário Valdinei Mauro de Souza, conhecido como "Nei", e o empreiteiro Wanderley Torres, dono da Trimec, viveram momentos de terror, no final da tarde desta quarta-feira (11), na cidade de Várzea Grande.
Segundo boletim de ocorrência feito pela Polícia Militar, bandidos fortemente armados invadiram uma fazenda, onde há exploração de garimpo, na região da Praia Grande, na zona rural, e atiraram contra uma caminhonete blindada ocupada pelo dois empresários.

Nei é sócio do empresário Mauro Mendes, cotado para ser candidato a prefeito de Cuiabá pelo PSB. Torres é proprietário da construtora Trimec, que aluga maquinários de Nei.

Segundo a Polícia, o veículo foi atingido por 18 disparos de pistola ponto 40. A blindagem do veículo impediu que as vítimas fossem atingidas.

O boletim relata que a propriedade foi invadida por volta das 16h por quatro homens, que estavam armados com armas de grosso calibre. Eles renderam os funcionários e os tomaram como reféns.

O bando conseguiu roubar cerca de 90 gramas de ouro, dinheiro e objetos de valor, como celular e notebook.

Os bandidos fugiram em um veículo Pálio, roubado de um funcionário do garimpo.
Na fuga, o bando encontrou com os empresários, na porteira da fazenda. Assim que avistaram a caminhonete, os bandidos ordenaram que os empresários saíssem veículo. Vendo que a ordem não seria cumprida, os ladrões atiraram contra a caminhonete.

Após o assalto, as vítimas acionaram a Polícia Militar, que fez buscas pela região, mas não encontrou a quadrilha.
O veículo usado na fuga foi abandonado na comunidade do Figueiral, divisa com o Município de Livramento, e já foi devolvido ao dono.

O caso é investigado pela Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande. Ainda não há informações sobre a localização dos assaltantes. 

Fonte - Midia News
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados