PERSONAGENS DE UMA ELEIÇÃO (Nobres)


Analisando eleições chegamos a alguns tipos que existem em todas elas e que certamente sem estas pessoas tudo seria bem diferente. São eles:
O LIDER: É aquele que quando fala (na verdade ele não fala, discursa) a platéia de apoiadores vem abaixo. Existe vários tipo de líderes, há os carismáticos; há os que lideram pela paixão dos liderados e também os que o fazem através do medo dos liderados. Parece-me que temos os três tipos por aqui. Analise e verá!


O MILITANTE: O militante é aquela pessoa que faz da sua vida uma eterna disputa política, ele não aparece só em época de campanha, participa o tempo todo. Ele não some quando seu partido perde uma eleição e raramente troca de partido. O militante é de um partido e sabe por que é. E mesmo que o seu líder mude de partido, ele só o fará se for convencido mediante argumentos ideológicos, nunca fisiológicos. Se for assim este não é um militante e sim um puxa-saco, categoria que já veremos.


O PUXA SACO: Este é incrível. Existe o tempo todo e não apenas na política. Seu objetivo é apenas se “colocar”, anda atrás de uma “boquinha”o tempo inteiro. O puxa saco estará sempre pronto a defender seu líder com unhas e dentes, mas não deixará de mudar de líder ao ser derrotado.


O PAPAGAIO DE PIRATA: Esta figura quer notoriedade. Coloca-se sempre ao lado do candidato ou do líder. Sua determinação em se mostrar uma pessoa importante é impressionante. Há quem diga que eles sofrem de baixa auto-estima, ou seja, necessitariam se mostrar como importantes para as demais pessoas. São muito encontrados em palanques.


O PROFISSIONAL: Eles atuam em várias áreas, eu mesmo sou um deles. Podem executar diversas funções e podem vir a trabalhar para adversários, logicamente não na mesma eleição. Geralmente são pessoas que tem bom conhecimento teórico a respeito de política e o aliam a sua experiência de vida.


O SIMPATIZANTE: Esta pessoa pode ser um conhecido, parente ou amigo do candidato. Pode ser alguém que tem com o partido a mesma relação de um torcedor de futebol, ou seja, ele não decide os rumos da sigla, mas torce para que ela ganhe.


O NEUTRO: Este tem medo, às vezes justificado, de revelar sua verdadeira posição. Não se abrirá tão facilmente. Até mesmo os institutos de pesquisas terão dificuldades em coletar sua opinião.


O ANALFABETO POLÌTICO: Este para mim é tão triste que para defini-lo, busco a ajuda de Berthold Brescht: “O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais”
Agora, enquanto você pensa em quem vai votar, divirta-se associando as pessoas que conhece a cada categoria e para ser justo, faça o mesmo com você. Aí saberemos quais papéis são desempenhados em uma eleição.
VOCE NOBRENSE SEJA CORAJOSO NÃO VIRE UM PERSONAGEM SEM EXPRESSÃO IGUAL A ESSES AI NO TEXTO, LUTE POR NOSSOS DIREITOS NOS SOMOS MUITOS MAIS QUE ESSES POLÍTIQUEIROS.
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario