Bandidos assaltam a casa do presidente da Câmara.


Júlio Pinheiro (detalhe) disse aos PMs que ladrões queriam dinheiro de licitação
Por: Midia News
A Delegacia de Roubos e Furtos da Capital investiga um assalto ocorrido na casa do presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Júlio Pinheiro (PTB), na madrugada do dia 1º de maio (terça-feira), no bairro Santa Rosa, em Cuiabá.

Segundo registro da Polícia, esse é o segundo assalto ocorrido no bairro, no fim de semana, assustando os moradores do bairro de classe média alta.

O assalto na casa do parlamentar ocorreu no final da madrugada do feriado, quando cinco homens encapuzados invadiram o local e levaram R$ 20 mil em dinheiro, conforme boletim de ocorrência registrado no Plantão Metropolitano da Capital.

Para entrar na residência, localizada na Rua Miguel Seror, os bandidos cortaram a cerca elétrica. Em seguida, renderam três pessoas – a esposa, uma amiga e o filho do vereador, que estava num dos quartos dormindo.

Segundo a ocorrência, os bandidos exigiram o “dinheiro da licitação”, embora sem fornecer detalhes.

Após revirar a residência em busca de bens de maior valor, localizaram o dinheiro e fugiram. Antes de fugir, amarraram todas as vítimas, que foram trancadas num dos quartos. O parlamentar disse que chegou horas depois e, então, acionou a Polícia Militar.

Policiais militares fizeram rondas pelas proximidades, mas não localizaram os criminosos.

Para os policiais, os bandidos sabiam quem morava na casa e também da existência do dinheiro. As vítimas serão chamadas para tentar fazer o reconhecimento na delegacia, através de fotos existentes nas fichas criminais.

Ex-secretário

Na madrugada de sábado (28), três homens, sendo dois armados com revólveres, invadiram a residência do estudante Rafael Tambelini, filho do ex-secretário de Administração (Governo Jaime Campos), Roberto Tambelini, de onde levaram um notebook e cartões de crédito. O assalto ocorreu na Rua Rússia, no bairro Santa Rosa.

Segundo o estudante, os bandidos o renderam e exigiram dinheiro e jóias. Após colocarem os pertences numa sacola, fugiram a pé. Na fuga, atiraram contra o portão, sem ferir ninguém.

O delegado Roberto Amorim determinou uma equipe especial para atuar nos dois casos. “Essa equipe já está atuando na região”, informou.
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario