Mato Grosso obtém nova classificação financeira positiva



(O governador Silval Barbosa, que "comemorou" a avaliação positiva: mais investimentos)
A agência internacional de avaliação de riscos Standard & Poor’s (S&P), uma das mais tradicionais do mundo, emitiu, na última terça-feira, parecer de que Mato Grosso tem capacidade adequada para honrar compromissos financeiros, atribuindo ao Estado o rating “BBB”. O rating é uma opinião sobre a capacidade do Estado em saldar seus compromissos financeiros

Este é o segundo certificado internacional atesta a credibilidade ao Estado - o que pode pesar favoravelmente para que Mato Grosso renegocie, por exemplo, sua dívida com a União e atraia mais investimentos privados.

Em abril passado, a Agência Moody´s, atribuiu a Mato Grosso o índice Baa3, considerado extremamente positivo pelo mercado.

O rating da Standard & Poor’s conferido a Mato Grosso é o mesmo do Estado de São Paulo e da prefeitura do Rio de Janeiro.

“Esta reafirmação vem no momento em que estamos buscando recursos para programas importantes, como o Mato Grosso Integrado, que vai pavimentar a ligação entre 41 municípios, e novos investimentos vão capacitar Cuiabá para a Copa de 2014. Além disso, o certificado da Standard & Poor´s irá nos ajudar a repactuar a dívida com a União. As duas agências mais conceituadas do mundo nos deram tranquilidade para obter financiamentos. O mundo dos negócios vai nos olhar de forma diferenciada”, afirmou o governador Silval Barbosa.

A nota atribuída a Mato Grosso está apenas um ponto abaixo da classificação do Brasil.

Segundo o governo, na prática, isso significa a redução da taxa de juros em operações de créditos, especialmente no mercado internacional.

“Facilita para Mato Grosso porque transmite ao mercado a forte credibilidade em honrar seus compromissos a médio e longo prazo. O certificado consolida a boa saúde financeira e a governança pública”, disse uma fonte do Palácio Paiaguás.

Rating

Rating (ou nota de risco) é a opinião de uma agência especializada de classificação de riscos sobre a capacidade de um país, estado ou empresa de saldar seus compromissos financeiros. As notas atribuídas apontam para um maior ou menor risco da ocorrência de um “default”, ou seja, de suspensão de pagamentos.

Para tanto, os especialistas dessas agências avaliam a situação financeira, as condições do mercado mundial e a opinião de especialistas da iniciativa privada, fontes oficiais e acadêmicas.

Do: Midia News
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario