Controlador Interno aponta possibilidade de improbidade administrativa

Ainda que alguns poucos façam ouvidos de mercadores, a convocação do Coordenador de Controle Interno para dar esclarecimentos no Parlamento acabou se tornando um fato da maior importância e que joga foco sobre a ineficácia administrativa da gestão municipal de Nobres.

Alysson Ferreira de Oliveira (foto) falou o que os governistas e muitos dos seus coadjuvantes não gostariam de ouvir, sobre a prática nefasta aos interesses do funcionalismo público municipal, que é a apropriação indevida dos valores atribuídos legalmente à conta dos encargos sociais. O governo retém os valores na fonte (folha de pagamento) e repassa à gestão do fundo de pensão (PreviNobres) quando der e como puder.

Só aí, já geraria uma situação de improbidade administrativa, cabendo aos fiscais do povo o cumprimento do dever de ofício, que é fiscalizar e denunciar aos canais competentes. Alysson Oliveira defendeu a diretora executiva do sistema previdenciário ao dizer que a ela só cabe aguardar o repasse do governo à conta do fundo de previdência e quando o repasse é realizado, acontece com atraso e quem perde são os servidores públicos municipais porque não há correção sobre os valores retidos e repassados ao bel prazer da cúpula da Prefeitura de Nobres.

Segundo o Controlador Interno, os empréstimos realizados em nome de alguns servidores municipais serão avaliados e providências serão tomadas. Para Alysson Oliveira, o papel da imprensa (Tribuna de Nobres) tem sido primordial para que determinadas situações administrativas não fiquem sem esclarecimentos.
Em nossa próxima edição faremos publicar material mais amplo sobre os esclarecimentos prestados pelo Coordenador de Controle Interno no Parlamento na noite de 15 de junho, durante sessão ordinária do Legislativo, em atenção a uma convocação feita pelo vereador Silvestre da Silva Campos (PR).

Por: Benedito/Tribuna de Nobres
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario