MT é maior produtor de soja livre do mundo

Sementes testadas e aprovadas nos 3 anos do Programa Soja Livre apresentam um rol de opções cada vez maior.

Em Mato Grosso, maior produtor de soja livre do mundo, a colheita do grão não-transgênico chegou a cerca de 35% na última safra. Para a próxima, segundo o diretor técnico da Associação Brasileira de Produtores de Grãos Não Geneticamente Modificados (Abrange), Ivan Paghi, a expectativa é de 30%.

Os maiores consumidores destes produtos são União Europeia e Japão. No mercado, a saca de soja livre é comercializada por cerca US$ 1 a US$ 1,5 a mais que a transgênica. No entanto, para atender a esse mercado exigente, é preciso rigor.

Para os produtores que pretendem investir nessa opção, o Programa Soja Livre disponibiliza, gratuitamente, uma cartilha com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Paghi lembra que aqueles que há 5 anos, por exemplo, vem cultivando a soja transgênica, agora, com a área limpa, podem fazer a rotação, voltando a obter mais lucros com a produção de soja livre. Estima-se que a cada mil hectares plantados com essas variedades de semenete, a renda adicional seja de até R$ 200 mil.

No estado, a maior parte da produção de soja livre concentra-se na região de Campo Novo dos Parecis e Diamantino, onde são cultivados aproximadamente 50% dos grãos não-transgênicos.

Por: Midia News
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario