TJ determina afastamento de Riva de funções administrativas


O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual José Geraldo Riva (PSD), deve ser afastado das funções administrativas e financeiras da Casa e ainda ressarcir mais de R$1,1 milhão aos cofres públicos, conforme decisão da Quarta Câmara Cível que julgou o Recurso de Apelação impetrado pelo parlamentar e pelo conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Humberto Bosaipo nesta terça-feira (19).

Ambos são acusados de desvio de recursos público no Legislativo Estadual por meio de pagamentos em cheques que eram descontados na boca do caixa e em uma factoring de propriedade de João Arcanjo Ribeiro.
De acordo com a Lei da Ficha Limpa, a medida torna o deputado inelegível pelo período de 8 anos a partir destas eleições municipais.

Por: Gazeta Digital
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

1 comentários :

Anônimo disse...

Ah tá! E no natal esperarei papai noel.

Postar um comentário

Deixe seu Comentario