[EXCLUSIVO] Entrevista com funcionário público revela descaso municipal, e ainda faz uma revelação surpreendente dos consignados.



AGITOS: A quanto tempo vocês estão sem receber o salário?

FUNCIONÁRIO: Hoje está completando 64 dias, que são setembro, outubro e já estamos em novembro e a prefeitura não dá nenhum parecer.

AGITOS: Como vocês estão se virando?

FUNCIONÁRIO: Olha, está muito difícil, tem funcionário que já está com sua luz e água cortada, e também já tem pessoas que estão com falta de mantimentos em sua casa.

AGITOS: Vocês não tem um sindicato que possa defender a categoria?

FUNCIONÁRIO: Temos sim, mas não conseguimos entender porque está sendo omisso.

AGITOS: Oque vocês funcionários pensam em fazer sobre oque vem ocorrendo?

FUNCIONÁRIO: Acreditamos que a única saída será acionar o ministério público, pois a divida de cada um de nós está sendo cobrada a juros e certamente a (prefeitura) não irá fazer pagamento com juros e com certeza muitos terão restrições em seu nome.

AGITOS: E COMO FICA QUEM TEM CONSIGNADO EM FOLHA?

FUNCIONÁRIO: Bem lembrado, pois a prefeitura está tirando o valor em folha e não está repassando ao BANCO DO BRASIL, e o banco por sua vez se achou no direito de reter o mesmo valor quando o pagamento cai na conta, conclusão! Em um pagamento estão sendo descontados o valor do empréstimo em dobro, e isso vem acontecendo a (05) Meses.

AGITOS: E qual a decisão que vocês estão tomando?

FUNCIONÁRIO: Estão formado grupo de funcionários e contratamos advogados para resolver esse problema que é grave e sério.

AGITOS: Para finalizar você quer dizer algo, ou deixar um recado?

FUNCIONÁRIO: Primeiramente agradeço vocês aqui da redação do Agitos Nobres por esse espaço, e mostrar oque vem acontecendo, e vivendo este momento, e sentindo na pele o descaso do poder público tanto do executivo em agir assim, tanto o legislativo em não mover uma “palha” se quer.

_________________________________________________________________
O funcionário não quis se revelar por medo de perseguição.

Da redação
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario