Início das obras do 2º lote continua sem definição, diz Secopa

A construção da segunda etapa da Avenida Parque do Barbado, que integra o conjunto de obras a serem realizadas pelo Governo do Estado, visando à Copa do Mundo de 2014, continua sendo uma incógnita, segundo o secretário da Copa, Maurício Guimarães.

Em entrevista ao MidiaNews, Guimarães afirmou que, apesar de apenas o 1º lote da obra já estar em processo de licitação, enquanto o 2º lote ainda é discutido na Justiça pelas desapropriações que causaria, o Estado continua confiante na entrega da obra completa até julho de 2013, conforme cronograma apresentado em julho deste ano.

"Não temos ainda uma definição sobre o 2º lote [...] porque é um impacto social muito grande", diz secretário da Copa
“Não temos ainda uma definição sobre o 2º lote. Estamos em tratativa com o Ministério Público Estadual e com os moradores, porque é um impacto social muito grande”, afirmou.

Segundo o secretário, a segunda parte da obra apenas poderá ser feita se os moradores afetados diretamente com a construção da avenida aceitarem as desapropriações que o projeto demanda.

“Nós estamos tratando isso. Só vamos fazer essa etapa da obra na medida em que estiver tudo pacificado, os moradores entenderem a necessidade da obra e o MPE concordar com a retirada de parte da população”, disse.

Guimarães salientou que o projeto dessa etapa da avenida está passando por readequações a pedido dos promotores de Justiça que atuam no caso e das famílias afetadas pela obra.

“Nós não queremos dar datas [para início da obra], porque isso depende de ajustes a serem feitos. A primeira parte nós já estamos fazendo, já está licitado, que é da Avenida Fernando Corrêa da Costa até à Avenida Arquimedes Pereira Lima. A parte mais crítica é ali nos bairros Renascer, Pedregal e Castelo Branco. A intenção do Governo do Estado é fazer com que a avenida chegue até à Avenida Juliano Costa Marques. Mas, nós precisamos ter os ajustes necessários e eu não quero dar prazo para isso”, argumentou.

"Nós não queremos dar datas [para início da obra], porque isso depende de ajustes a serem feitos. A primeira parte nós já estamos fazendo, já está licitado", afirma Maurício Guimarães
A obra


Considerada uma obra estratégica para desafogar o trânsito em Cuiabá e Várzea Grande, a Avenida Parque do Barbado, se entregue completa, ajudará a desafogar a Avenida Miguel Sutil e demais vias que registram um grande fluxo de veículos diariamente.

O projeto prevê que a via interligará as avenidas Fernando Correa da Costa, Arquimedes Pereira Lima, Dante de Oliveira (Av. dos Trabalhadores), Gonçalo Antunes de Barros (Jurumirim) e Avenida Vereador Juliano Costa Marques.

A obra foi divida em dois lotes, pela complexidade e em função do impacto social.

O 1º lote, orçado em cerca de R$ 23 milhões, prevê a implantação de uma via ligando os entroncamentos das avenidas Arquimedes Pereira Lima e Fernando Corrêa da Costa.

Essa fase não tem desapropriações e está em processo de licitação. Duas empresas foram habilitadas. 

As propostas comerciais serão abertas na sexta-feira (26), às 14h, no auditório da Secopa. A empresa vencedora deverá ser anunciada em breve.

Segundo o secretário da Copa, Maurício Guimarães, a obra será importante para desafogar o trânsito na Avenida Fernando Corrêa da Costa, melhorando o fluxo de veículos nos bairros Pedregal, Jardim Leblon e Três Américas.

O 2º lote, estimado em R$ 10,8 milhões, compreende 1,8 km de extensão, e deverá interligar as avenidas Jurumirim e Juliano Costa Marques.


Por: Midia News
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario