Aposentado de 65 anos é acusado de abusar sexualmente da neta de 4 anos

O aposentado M.F., de 65 anos, foi preso acusado de abusar sexualmente da própria neta, uma menina de quatro anos. A prisão ocorreu por volta das 21h de ontem (3), no bairro Jardim Gramado, na casa onde avô e neta residem.

Uma vizinha teria contado à polícia que estava jantando quando ouviu gritos da menina, pedindo para que o aposentado parasse e a deixasse sair. A vizinha, então, teria olhado pela janela, e viu a menina deitada num colchão junto com o avô. 

Policiais militares foram acionados e tiveram que arrombar a porta, uma vez que o aposentado alegou não ter as chaves, porque foram levadas pelo pai da criança, que foi trabalhar.

Os PMs, então, empurraram a porta e depararam com a menor chorando, no meio de fezes. Na sala, havia um colchão com vários lençóis. O avô não soube explicar o que o colchão fazia na sala, uma vez que a menina dormia no quarto.

No Plantão Metropolitano da Capital, o avô negou qualquer abuso contra a neta. Alegou que a menina foi mexer nos botões do aparelho de TV e ficou zangado com ela e, por isso, gritou. “Não abusei de ninguém não”, garantiu aos policiais.

O pai da menina não compareceu na Delegacia, pois estaria muito transtornado com os fatos. A menina foi morar com o pai depois que os pais se separaram.

As investigações complementares do caso ocorrerão pela Delegacia de Defesa da Criança e do Adolescente da Capital. A menina deverá receber ajuda psicológica.


Por: Midia News
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario