Nobres estará no cenário nacional de provas de aventura


A segunda etapa do Circuito Ultramacho está programada para o mês de agosto. De acordo com os organizadores Maria Rita e Tomio Uemura, o município de Nobres, rico em belezas naturais, foi escolhido para também receber o maior festival de aventura de Mato Grosso, após o evento ser um sucesso em Santo Antônio de Leverger, no dia 14 de abril.

Eu participei da prova multiesportiva, em dupla com uma amiga corredora, e conseguimos vencer os 20 km de pedal, 7 km de corrida (até o topo do Morro de Santo Antônio) e 1 km descendo o Rio Cuiabá numa bóia, em 3h17’31”. Confesso que senti o peso do desafio, mas a prova foi simplesmente fantástica.

Ainda tiveram aqueles que participaram da primeira corrida de montanha de Mato Grosso, percorrendo 12 km, inclusive, até o topo do Morro de Santo Antônio. Esta prova foi individual e atraiu grandes corredores de Cuiabá e do interior do Estado.

Pra mim, o ápice da prova, foi quando cheguei ao topo do Morro de Santo Antônio e consegui olhar aquela vista lá de cima. Equivale a um relaxante para quem está cansado, molhado, sujo de lama até a cabeça, com fome e sede. Juro que neste momento esqueci tudo isso e só busquei apreciar por alguns minutos aquela maravilha de Deus. A vontade era ficar um tempo lá, mas não dava, precisávamos concluir o percurso.

Durante o caminho de ida e volta, foram vários encontros com pessoas amigas e até mesmo desconhecidos, que também gostam de provas de aventura. É uma irmandade, onde um dá força ao outro, ajuda, oferece um gel, água, isotônico, enfim, oferece a mão, literalmente. Muito mais que uma competição, é um momento de rever e fazer amigos.

No entanto, o que mais me chamou a atenção e me deixou muito feliz, foi constatar na prática, que temos em Mato Grosso provas de aventura que não perdem em nada para outros Estados e até países. Falo isso com conhecimento de causa, porque gosto muito da corrida de aventura e sempre participo por este mundão afora.

Foi notável a preocupação dos organizadores em não deixar faltar hidratação nos pontos mais críticos da prova. Itens como segurança dos participantes, staff no percurso para orientar o caminho, o cuidado com a preservação ambiental, entre outros pontos, tudo foi cuidadosamente e carinhosamente pensado.

Parabéns, Ultramacho, já podemos dizer que temos prova de aventura em Mato Grosso, este Estado com um cenário tão propício para este tipo de evento, que alia o prazer do esporte a uma nova visão, um novo estilo de vida que integra o homem à natureza, e ainda tão pouco explorado. Vamos torcer para que nas próximas edições tenhamos ainda mais participantes e patrocinadores, que incentivem e apoiem esta ideia genial.

Por: O Documento
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario