Conselho Municipal de Saúde encontra remédios vencidos em Rosário Oeste

Seguindo a discussão que vem ocorrendo no Estado acerca da aquisição e armazenamento de remédios, o Conselho Municipal de Saúde de Rosário Oeste (CMS) recebeu denúncia de que haveria uma quantidade considerável de remédios com data de validade vencida em algumas unidades de saúde de Rosário Oeste.

Ao investigar o problema, os Conselheiros do CMS constataram que havia uma grande quantidade de remédios vencidos no Posto de Saúde do Distrito de Bauxi, em Rosário. No mesmo local onde estavam armazenados os medicamentos foram encontrados também uma quantidade de lixo hospitalar sem ter sido descartada corretamente.

O interessante no processo de vistoria é que foram encontrados medicamentos vencidos nos anos de 2003 e 2007, indicando que esses medicamentos deveriam ter sido recolhidos e armazenados no Posto de Saúde há muito tempo. O Conselho, em seu relatório ainda chama a atenção para o desperdício de verba pública, pois esses remédios custaram dinheiro do contribuinte e por falhas no processo de armazenamento e recolhimento acabou na mesma sala onde estavam outros remédios com data de validade legal para o consumo dos usuários.

É importante ressaltar que o posto de saúde está desativado e os medicamentos que estavam no local somente seriam utilizados quando a equipe de saúde de Rosário Oeste se deslocassem até o distrito para fazer o atendimento de rotina junto a população.

O Presidente do Conselho Municipal e Saúde teve acesso a tribuna na reunião da Câmara Municipal do dia 28/05 quando falou da visita ao Distrito de Bauxi e da vistoria nos medicamentos.

O Prefeito Municipal de Rosário Oeste, ao tomar ciência do problema se deslocou até o distrito de Bauxi, onde também vistoriou os medicamentos e lixo hospitalar que havia no local. Nisso determinou que fosse retirado do local todos os medicamentos que estivessem com a data de validade próxima do vencimento. Esses medicamentos estão armazenados em Rosário Oeste e aguardam a destinação correta através de uma empesa especializada, conforme especificado em legislação que regulamenta o assunto.
















Fonte: Biorosario
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario