Guerrero justifica jejum pelo fato de estar "muito mal fisicamente"

Paolo Guerrero é o artilheiro do Corinthians na temporada e seu atacante mais confiável. Ainda assim, é fácil observar que sua forma está bem diferente daquela que o fez herói do Mundial, em dezembro. Foram oito jogos sem marcar até ele se apresentar ao Peru, onde manteve o jejum em dois compromissos nas Eliminatórias. Por sua seleção, o centroavante não balança a rede há mais de um ano -- houve seis partidas no período.
De acordo com o camisa 9, a explicação tem tudo a ver com sua preparação. O jogador, que ligou repetidas vezes seu desempenho histórico no Japão ao trabalho feito anteriormente no CT do Parque Ecológico, admitiu estar sem as melhores condições para vencer os goleiros adversários.
“Estou muito mal na preparação física. Isso está me custando. Venho com desgaste, é difícil jogar no Brasil. Espero conseguir me preparar melhor para as próximas partidas. Vai ser duro, mas é um objetivo que tenho comigo”, afirmou o atleta de 29 anos, figura-chave para a equipe peruana na briga por uma vaga na Copa do Mundo do Brasil.
Na última semana, a seleção alvirrubra fez 1 a 0 sobre o Equador em Lima e foi superada por 2 a 0 pela Colômbia fora de casa. A quatro rodadas do fim das Eliminatórias Sul-americanas, o time dirigido por Sergio Markarián está na sétima colocação, com 14 pontos. O quinto lugar, que dá direito à briga pela vaga na repescagem, está ao alcance -- o Uruguai, dono da posição, tem 16.
Para obter classificação à disputa no Brasil, o Peru precisará de Paolo. Em setembro, os peruanos enfrentarão na sequência justamente as duas seleções que os separam da quinta colocação: Venezuela, em casa, e Uruguai, fora. “São partidas que podem nos dar a classificação”, comentou.
Antes disso, o centroavante tem compromissos importantes pelo Corinthians. Ele se reapresentará ao técnico Tite na próxima semana e espera reunir boas condições antes de 3 de julho, data da primeira partida decisiva da Recopa Sul-americana, contra o rival São Paulo.
Os jejuns de Guerrero
Pelo Timão
Paolo marcou pela última vez na vitória por 4 a 0 sobre a Ponte Preta, em 28 de abril, pelas quartas de final de Campeonato Paulista. Ele participou de outras oito partidas sem balançar a rede, perdendo chances claras contra Santos e Goiás.
Pelo Peru
O centroavante fez gol, mas a seleção perdeu por 4 a 2 para o Uruguai, concorrente direto na luta pela classificação à Copa do Mundo. Foram seis jogos desde então, sem nenhuma comemoração do Depredador.
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario