Nobres e Rosário Oeste irá receber um dos maiores eventos do MT, edição do Festival de Dança e Cultura Tradicional de MT

O evento entra em sua 10ª edição e promete mobilizar o município recebendo visitantes e agentes culturais de Mato Grosso e outros Estados brasileiros.

De acordo com o agente cultural Fernando Pael, o objetivo do festival, que é realizado pela ONG Flor do Cerrado, é difundir o que existe de melhor na cultura matogrossense para Lucas do Rio Verde e região. Ele lembra que o médio norte foi colonizado, originalmente, por famílias do sul do país, mas com o passar do tempo, pessoas de todas as regiões do Brasil apostaram no desenvolvimento regional e se estabeleceram em Mato Grosso, agregando também seus costumes e culturas. 
A abertura oficial do festival será feita por Daniel de Paula, músico matogrossense curador da viola de cocho. A cerimônia inaugural será feita na ‘feirinha cuiabana’, em frente a Flor do Cerrado, no dia 14 de junho.  No sábado, acontecem as oficinas de dança com Luiz Carlos Bezerra, e oficinas de siriri e suingueira. Pael informa que a programação contará ainda com oficinas de artesanato e culinária matogrossense e um seminário de diversidade cultural. 

Já confirmaram presenças os grupos de dança de Jangada, Nova Mutum, Rosario Oeste, nobres, Tangará da Serra, Cuiabá-São Gonçalo, São José do Rio Claro, São Pedro de Joselândia. “É uma comunidade afastada, no meio do pantanal matogrossense”, destaca Pael, chamando a atenção ainda para o grupo Incluarte, formado por pessoas com síndrome de down, que já confirmou presença.

Em relação aos anos, anteriores, Pael cita que no sábado à tarde os grupos vão para as praças e também para os estacionamentos dos maiores supermercados do município apresentar seus trabalhos, uma forma de atrair a população ao Lago Ernani José Machado, tradicional local de concentração para as apresentações de danças tradicionais e outras ações, tais como: Siriri e Cururu, Dança dos Mascarados, Gauchescas, Alemã, Quilombola e Quadrilha Nordestina. 

“No domingo de manhã teremos o ‘chá co bolo’ e apresentações de peças teatrais e participação de circo. Durante o festival acontecerá o palco popular de artes cênicas, que envolve teatro, dança e circo, e está incluído no festival desse ano. Encerraremos com a procissão do São Benedito, no domingo a partir das 4 da tarde, e aí vamos para o Lago onde acontecerão as outras apresentações artísticas”, citou Pael.

Expresso MT
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario