Em crise, Defensoria confessa dívida de 4 meses de aluguel

A Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso publicou, no Diário Oficial que circula nesta quinta-feira (25), a confissão de dívida referente a um contrato de locação de imóvel no valor de R$ 8.166,86 . O imóvel foi alugado pela Defensoria para a instalação de núcleo no interior do Estado.

De acordo com o contrato 011/2010, estão pendentes de pagamento os meses de agosto, outubro, novembro e dezembro de 2012. 

O contrato com Marli de Lourdes Bertaglia da Silva foi firmado durante a primeira gestão de Djalma Mendes, no ano de 2010. Desde então, o contrato já passou por dois reajustes de valores.

A Defensoria Pública passa por situação delicada, após a turbulenta administração do defensor público André Prieto. 

Desde que assumiu a função de chefe da instituição, pela segunda vez, o defensor Djalma Sabo Mendes Júnior está administrando “dívidas” herdadas pela gestão passada.

A falta de dinheiro para pagamento de aluguel foi um dos motivos que levou a Defensoria a instalar, no mesmo prédio da administração, a Corregedoria. 

O ato foi realizado por Djalma Mendes nos primeiros dias após assumir o cargo, em janeiro deste ano. 

Antes da mudança, a Corregedoria estava localizada em um edifício localizado na Avenida Rubens de Mendonça (Av. do CPA), na Capital.

Além da conta com aluguéis, a atual administração precisa solucionar um déficit orçamentário de quase R$ 6 milhões. 

No início desta semana, a instituição recebeu do Governo um incremento orçamentário de R$ 5 milhões. No entanto, segundo a Defensoria, o valor não será suficiente para quitar todos os débitos.

Veja a confissão da dívida publicada no Diário Oficial que circula nesta quinta-feira:

EXTRATO DA CONFISSÃO DE DÍVIDA REFERENTE AO CONTRATO Nº 011/2010
CONFITENTE: DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO MATO GROSSO.
CREDORA: SENHORA MARLI DE LOURDES BERTAGLIA DA SILVA.
Objeto: reconhecer dívida em razão do não pagamento dos alugueis, oriundos do contrato n° 011/2010,
referente aos períodos de agosto/2012 e de outubro/2012 à dezembro/2012.
Fundamento Legal: Procedimento nº 286206/2013.
Valor: R$ 8.166,86 (oito mil cento e sessenta e seis reais e oitenta e seis centavos).
Signatário da Defensoria Pública: DJALMA SABO MENDES JUNIOR - Defensor Público-Geral.
Credora: MARLI DE LOURDES BERTAGLIA DA SILVA – Locadora
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario