Amigos se despedem de estudante e rejeitam suicídio da jovem

Amigos da estudante universitária Liandre Ferreira Pereira, 26, lamentam a morte da jovem, cujo corpo encontrado pela Polícia Civil na região do Mirante, em Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte de Cuiabá), no fim da manhã de terça-feira (8). 

Ela fazia mestrado em Biologia na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Na página da estudante, no Facebook, são muitas as declarações de amor e amizade à jovem, bem como mensagens de conforto à família. 

Segundo descrição dos amigos na rede social, Liandre era uma pessoa doce, sempre alegre e sorridente e a possibilidade de suicídio, investigada pela polícia, parece “inacreditável”.

Em muitas postagens, os amigos e familiares ressaltam que a estudante, que era de Brasília (DF), estava sempre sorrindo e não aparentava ser uma pessoa que sofria de depressão, muito menos alguém que fazia tratamento para se livrar da doença, conforme informações preliminares da Polícia.

“Nossa, nem sei o que dizer! Difícil acreditar que a Liandre tinha depressão, ela era tão alegre!”, comentou uma amiga.

Em outra postagem, uma amiga lamentou não ter percebido que algo acontecia com a estudante.

“Não consigo entender o que aconteceu. Você sempre foi atrás do que quis e sempre teve muito claro que aquilo que te fazia ir pra trás deveria ser eliminado sem muito pesar. Apesar de toda a dificuldade, você nunca se fez de coitada, sempre foi forte sem perder a doçura. Sinto-me culpada por não saber o que estava acontecendo de fato, sinto que falhei como amiga, não te dei a atenção devida”, diz trecho da nota de despedida.

Suposto suicídio

A Polícia fazia buscas pelo corpo de Liandre desde segunda-feira (7), quando foi localizado o carro que ela havia emprestado de seu orientador no programa de mestrado na UFMT, professor João Batista de Pinho, do curso de Biologia.

O carro estava aberto e com um bilhete de despedida da jovem, que pedia que o veículo fosse entregue para o proprietário e que seus pertences fossem entregues aos familiares.

O corpo foi localizado no final da manhã desta terça-feira (8) e retirado por volta das 16h, sendo encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). 

Segundo um amigo próximo de Liandre, que prefere não ser identificado, a família da jovem ainda não chegou à Mato Grosso e ainda não há informações de onde seu corpo será velado e enterrado.

O caso está sendo investigado pelo delegado Bruno Lima Barcelos, de Chapada dos Guimarães.


Fonte: Midia News
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario