SAÚDE PÚBLICA: Médicos param na sexta e admitem greve geral em MT

Os médicos que atendem pela rede pública de Mato Grosso irão paralisar as atividades na próxima sexta-feira (18), em protesto pela realidade da Saúde Pública no Estado.

O ato faz parte da programação em comemoração ao Dia do Médico e foi confirmado ao MidiaNewspela presidente do sindicato que representa da categoria (Sindimed), Elza Queiróz.

No dia, os profissionais participarão de uma assembleia-geral, às 9h, no Conselho Regional de Medicina (CRM-MT), para definir se haverá manifestações pela cidade e para discutir a possibilidade de uma greve geral por tempo indeterminado.

"Nossa mobilização é em defesa de melhorias na saúde e nas condições de trabalho. Queremos ganhos reais e não decisões ilusórias e eleitoreiras"
“Nossa mobilização é em defesa de melhorias na Saúde e nas condições de trabalho. Queremos ganhos reais, e não decisões ilusórias e eleitoreiras. Isso é muito mais que o ‘Mais Médicos’”, disse a presidente, fazendo referência ao programa federal implantado para levar profissionais para a rede de atenção básica nas regiões periféricas do país.

Em todo o Estado, há mais de quatro mil médicos que atendem pela rede pública de Saúde. 

Segundo Queiróz, aproximadamente dois mil médicos estão concentrados na região metropolitana (Cuiabá e Várzea Grande).

Na pauta da assembleia, serão discutidos ainda o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) dos médicos e a necessidade de mais investimentos na Saúde Pública.

Além disso, a categoria deve discutir estratégias de defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e contra a privatização da Saúde por meio da contratação das Organizações Sociais de Saúde (OSS).

Também será feita uma avaliação das consequências da Medida Provisória 621, do Governo Federal, que instituiu o programa “Mais Médicos”, com bolsas de R$ 10 mil aos profissionais diplomados no Brasil ou no exterior, para atendimento nos municípios onde a atenção básica está desassistida.

Redação e foto: Midia News
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario