Superintendente avalia pedido e Nobres terá agência da Caixa Econômica Federal

O superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Carlos Roberto Pereira, se rendeu aos pedidos de Nobres, após ver dados numéricos e imagens de empreendimentos imobiliários que se erguem em Nobres com considerável regularidade. Além dos números, a presença de dois deputados, de vereadores, de empresários dos mais variados segmentos, estudantes e populares.
Participaram da audiência pública compondo o dispositivo de honra o prefeito Sebastião Gilmar; a vice prefeita Silvia Martins Ribeiro; os deputados estaduais José Domingos Fraga e Teté Bezerra; secretário estadual de Turismo, Jairo Pradela; os vereadores Joa Costa; Zilmai Ferreira; Acendino Mendes; Janderlei Cardoso; Flávio Rondon; Silvestre Campos e Joel Júnior; representando o presidente do Legislativo, Edval Campos; secretário municipal de Administração, Roberto Rogério Dias; o empresário comercial Alan Odorizzi, pela CDL; e ainda o superintendente Carlos Roberto Pereira, gerentes regionais da CEF, José Luiz Dias e Elias da Silva Landivar.
Alysson Ferreira de Oliveira, auditor de Controle Interno da Prefeitura Municipal de Nobres, apresentou planilha contendo dados numéricos sobre folha de pagamento; número de servidores ativos e inativos, entre outros. De sua vez, a agente imobiliária Sônia Barbosa apontou a evolução dos projetos imobiliários na cidade de Nobres.
A classe política representada pelos parlamentares estaduais Teté Bezerra e Zé Domingos avaliaram como positiva a implantação da CEF em Nobres. O prefeito Sebastião Gilmar argumentou favoravelmente ao estabelecimento da Caixa em Nobres a partir das perspectivas de mercado no ramo imobiliário, da construção civil e das movimentações financeiras através do setor público municipal.
E para sacramentar, após todas as argumentações apresentadas, o representante regional da CEF, Carlos Roberto Pereira, apresentou a Caixa como um banco estatal de respeito e estabelecido no país há mais de um século e meio. Pereira disse que a Caixa atende, indistintamente, os extremos entre um desempregado que busca os benefícios sociais e o empresariado, que investe capital ou busca financiamento para seus negócios.
E a partir dos fatos e dos atos em prol da implantação da Caixa na cidade de Nobres, o superintendente Carlos Roberto Pereira anunciou que o pleito de todos os que estavam ali presentes e da população do município serão atendidos. Segundo Carlos Roberto, todas as medidas necessárias já estão sendo tomadas e a maioria delas passa pelas mãos dos regionais José Luiz e Elias, responsáveis pelas análises estratégicas da Caixa em Mato Grosso.
Na oportunidade, para encerrar o evento, o prefeito Sebastião Gilmar apresentou os seus agradecimentos em nome de toda a população do município de Nobres e recebeu os cumprimentos de todos os presentes pelo sucesso na exposição dos motivos que levaram ao convencimento de Carlos Roberto sobre a necessidade da Caixa, aqui em Nobres, como instrumento de fomento mercantil e de desenvolvimento sócio/ econômico.
Sebastião Gilmar não avoca para si a decisão do comando regional da Caixa de trazer para a cidade de Nobres uma unidade, mas acredita que isso é o desejo de uma maioria absoluta de cidadãos, principalmente a considerável parcela da população contemplada com os benefícios sociais do governo. A classe empresarial representada naquele ato público agradeceu ao superintendente Carlos Roberto Pereira pela definição de trazer a Caixa para mais perto daqueles que buscam financiamentos para seus empreendimentos, principalmente do setor imobiliário.
Fonte: Assessoria
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario