Operação da PRF vai monitorar rodovias federais em Mato Grosso

A partir desta quinta-feira (14), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia a operação “Proclamação da República”, que prevê uma série de medidas para evitar acidentes nas estradas federais de Mato Grosso. 

A operação terá a duração de quatro dias, aproveitando o longo feriado, com previsão de encerramento das atividades no domingo (17). 

"O objetivo principal é inibir a prática de infrações, como ultrapassagens indevidas e embriaguez ao volante, além de e reforçar a fiscalização às motocicletas"

Conforme a PRF, serão fiscalizados mais de cinco mil quilômetros de rodovias federais em Mato Grosso, durante os dias da operação. 

O objetivo principal é inibir a prática de infrações como ultrapassagens indevidas e embriaguez ao volante, além de reforçar a fiscalização às motocicletas.

Para isso, os agentes contarão com radares portáteis, etilômetros e viaturas operacionais.

Segundo a PRF, também haverá um reforço no efetivo durante o feriado, que contará com policiais do setor administrativo, “além de escalas de serviço extras”. 

Outra medida importante, conforme a PRF, será restrição de altura, largura e comprimento de alguns veículos. 

Dessa forma, nos horários de mais movimento, fica proibida a circulação de veículos como bitrens, rodotrens, pranchas, treminhões, cegonhas.

Nesta quinta-feira, quando se inicia a operação, os veículos serão proibidos de circular das 16 as 24 horas. 

Na sexta-feira (15), Dia da Proclamação da República, a proibição será das 6 àss 12 horas. 

E, no domingo (17), último dia da operação, a proibição também será das 16 às 24 horas. 

No ano passado, a PRF registrou 54 acidentes e 28 feridos, durante o feriado da Proclamação da República. Não houve registro de mortes.


Por: Marcílio Camilo
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario