A chuva de sábado causou transtornos a população da pequena cidade turística

O problema das enchentes passou a ser algo comum na vida da população de Nobres. Infelizmente, todo o ano é a mesma coisa e cada vez piorando mais: entre os meses de dezembro e fevereiro o caos começa, as redes sociais são tomadas por problemas relacionados com a elevação dos cursos d´água e a inundação de casas e ruas, desencadeando uma série de tragédias que, quase sempre, poderia ser evitada.

Segundo os moradores, toda vez que chove na rua principal, que corta o bairro ponte de ferro, transborda. “O problema daqui é a boca de lobo que é muito 'imprensada' e não despeja a água corretamente por causa do desnível. Quando dá enchente, a água não tem lugar para ir”, diz o aposentado Reinaldo Berlarmindo do Nascimento.

Os moradores da pequena cidade turística de Nobres tentam se virar como podem. A maioria das casas tem muretas de contenção para impedir a entrada da água, mas nem sempre isso é suficiente.


Marcas nas paredes dão uma ideia da altura que a água atingiu. Em uma casa, a água ficou quase um metro de altura. Em outra residência, horas depois da chuva, a água ainda não tinha baixado. “A gente perde roupa, sapato, colchão... boia tudo. Os alimentos quando a gente volta perdeu tudo também”, conclui a auxiliar de serviços gerais Maria Silva Souza.


O Prefeito Municipal ainda não fez um esclarecimento oficial para a população diante os fatos ocorridos.

Da Redação
Fotos: Redes Sociais
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario