Por falta de repasse financeiro, hospital Laura de Vicunã ficou sem médico

A população nobrensse ficou sem atendimento médico neste sábado (25) no município de Nobres, várias pessoas com problemas de saúde tiveram que se deslocar para o município de Rosário Oeste para que fosse tratado em casos de emergência. 

A procuradoria da Prefeitura Municipal de Nobres ao saber da falta de médicos, logo de imediato compareceu no hospital para apuração dos fatos.

Não demorou muito para que logo fosse feito uma notificação oficial ao hospital Laura de Vicuna, o procurador Silvério através da notificação solicitou que em 24 horas fosse estabelecido um médico de plantão, caso ao contrário a Prefeitura poderia até rescindir o contrato firmado entre ambas as partes.

A notificação foi recebida pela administração do hospital logo pela manhã, a notificação é considerada um alerta para a contratada, caso não seja reestabelecido oque especifica no contrato, a notificada poderá sofrer as sanções cível e judicial. Dentro do prazo estabelecido o hospital logo cumpriu com a exigência da notificação.

Procuramos a direção do hospital para saber de fato oque levou a ter a falta de médico no plantão do fim de semana, e a resposta do Diretor Clinico o Dr: Denner foi bem clara, a falta do repasse da Prefeitura Municipal no valor de 92 mil reais referente ao mês de dezembro de 2013 fez com que os médicos cruzassem os braços no final de semana, já que o salário referente ao mês de dezembro foi pago somente 50%.


“In-off o doutor ainda comentou que uma jogada politica colocaria uma nova direção no hospital, no caso uma do grupo politico da atual administração, caso a diretora geral atual a senhora Maria Cristina não aceitasse o pedido a Prefeitura cortaria todos os repasses ao hospital. Hoje na parte da tarde (27) a direção do hospital irá estudar novas possibilidades.”

Redação
Foto: Assessoria
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario