“Operação de Carnaval” começa, município de Nobres terá fiscalização

Coordenada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea/MT), a Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) iniciou ontem a “Operação de Carnaval” deste ano. A intenção é orientar os responsáveis ou organizadores das festas de Rei Momo quanto à regularização da documentação necessária para a realização dos eventos. Com isso, resguardar a segurança da população em geral, especialmente, os foliões. 

De acordo com o coordenador da FPI, Reynaldo de Magalhães, o trabalho começou pelos municípios pantaneiros de Barão de Melgaço, Santo Antônio de Leverger e Poconé. “No que se refere à responsabilidade do Crea será verificado os responsáveis técnicos pela montagem do som, do palco e da arquibancada”, exemplificou. 

Também será cobrado o projeto de prevenção e combate a incêndio e pânico e o cumprimento de normas que dizem respeito ao direito do consumidor como deixar os preços em local visível. “O locais também têm que ter ambulância com equipe médica e farmacêutico”, citou. Por lei, segundo Magalhães, é necessária uma unidade móvel para cada mil pessoas. 

A ação segue até sexta-feira (14). Hoje, a FPI estará em Nossa Senhora do Livramento e Chapada dos Guimarães. Amanhã, em Acorizal, Rosário Oeste e Nobres. Já na quinta-feira, a fiscalização será em Diamantino, Nortelândia e Arenápolis e, na sexta-feira, em Denise, Nova Olímpia e Barra do Bugres. 

"Inicialmente realizamos uma reunião com os organizadores dos eventos para que eles assinem o Termo de Responsabilidade e Compromisso tomando ciência das providências necessárias a serem tomadas para o evento e aguardamos que os organizadores apresentem os documentos exigidos em tempo hábil para a elaboração de um relatório que será encaminhado ao Ministério Público", frisou. 

Além do Crea, compõe a FPI integrantes do Corpo de Bombeiros, a Secretaria de Estado de Turismo, o Conselho de Enfermagem, o Procon e a Vigilância Sanitária dos municípios envolvidos. 



JOANICE DE DEUS
Da Reportagem
Site: Diário de Cuiabá
Foto: Caceres
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario