Líder de quadrilha de assalto a banco em Nobres é preso em Bauru com nome falso


Um dos líderes da quadrilha que assaltou em janeiro de 2013 a cooperativa de crédito Sicredi, em Nobres, na modalidade "Sapatinho", foi detido na quinta-feira (24) em Bauru (SP). O acusado era procurado pela Justiça de Mato Grosso desde o fim das investigações, realizadas pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), que o apontaram como mentor pelo roubo de mais de R$ 100 mil da cooperativa no médio-norte do Estado.

Segundo informações da Polícia Judiciária Civil (PCJ-MT), o assaltante de banco trata-se de Paulo Terra Junior, mais conhecido por "Paulista", que teve o mandato de prisão preventiva cumprido em Bauru.
Na época do assalto à cooperativa de crédito "Paulista" estaria na companhia de mais três meliantes que foram presos ainda em 2013.

Conforme a PJC-MT, o assaltante foi descoberto pelo GCCO no interior de São Paulo utilizando nome falso. Ele foi detido pelo crime de roubo cometido em Bauru. O foragido de Mato Grosso com isso teve seu mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil daquela cidade atendendo a pedido do GCCO.

Na época do assalto em Nobres cinco pessoas foram indiciadas nos crimes de extorsão mediante sequestro e formação de quadrilha. As investigações foram conduzidas pelo delegado Flávio Henrique Stringueta e foram presos pelo crime Heverlon Rodrigues Campos, Joas Santos, Ulisses Batista e Paulo Terra Junior, o “Paulista”, além da mulher de um dos presos que foi indiciada e responde em liberdade.


Por: Olhar Direto
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario