No combate à violência contra a mulher, Nobres busca a construção de uma agenda positiva

Encerrada após as 16:30 horas, mais uma reunião de trabalho com a presença da doutora Ana Emília Iponema Brasil Sotero, Gestora Estadual do Pacto pelo Enfrentamento à Violência contra a Mulher do Governo de Mato Grosso e Doutoranda em Ciências Jurídicas. A reunião foi numa das salas do CRAS (Centro de Referência em Assistência Social) na cidade de Nobres, onde estiveram representantes da educação em nível municipal e estadual, da área da saúde, técnicos envolvidos na área social, APAE e Polícia Militar, entre outros.

Ana Emília veio para estabelecer uma agenda positiva na questão da rede de combate à violência contra a mulher em suas mais diferentes formas e abordagens. Especialista no assunto, Ana Emília quer criar um sistema de atendimento que permita atenção aos casos de violência doméstica e externa contra a mulher através de uma rede de atendimento que torne esses registros respeitados e que a eles seja dada atenção e respeito.

Em meio à tentativa de se estabelecer uma rede de atendimento, inegavelmente, ainda há resistências e algumas posturas machistas e outras influências desencorajadoras que devem e podem ser combatidas a partir da criação de multiplicadores e da detecção de casos de violência contra a mulher em suas diferentes formas e aspectos.

Nesse encontro, ficou estabelecido que as datas das reuniões sejam colocadas para os primeiros dias de junho, entre 03 e 06 daquele mês vindouro, com foco também sobre a mulher rural. A rede de combate à violência contra a mulher dispõe de ônibus e o atendimento itinerante é uma forma de levar as respostas e as ações para cada vez mais pessoas e lugares, de acordo com a doutora Ana Emília. Tudo começa com a construção de uma agenda positiva e, após, a criação de uma rede atuante que leve conhecimento sobre direitos da mulher na sociedade.


Participaram do evento, o prefeito Sebastião Gilmar, a primeira dama Eva Valdinéia Pereira, técnicas ligadas à área social, entre outros.

Por: ASCOM-PMN
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario