Bandido é morto pela PM em Nobres após roubar carro em Diamantino

A Polícia Militar fechou cerco a três suspeitos de roubar um carro de um senhor de 65 anos em um hotel em Diamantino, na noite desta quarta-feira (11.06). As unidades da região foram avisadas e o carro foi visto por uma barreira da PM montada em Nobres. Houve troca de tiros e um deles foi morto.

Segundo informações da 9ª Cia Independente de Diamantino (9ª CIPM) repassadas pelo capitão Gelson Miranda, que atendeu a ocorrência, a vítima tinha sido rendida por um rapaz por volta das 11h20 no Hotel Caçula, localizado na perimetral da BR-364, no bairro Novo Diamantino. A vítima sofreu ameaça à mão armada e foi obrigado a manobrar seu veículo até a porta do hotel. O bandido fugiu com o carro.

Ao passar por Nobres, o veículo Peugeot Hoggar vermelho com placa de Campo Verde-MT com três pessoas foi surpreendido por uma barreira policial montada embaixo do viaduto de Nobres, ao lado do Posto Xaxim. Os policiais da 1ª CIPM de Nobres deram ordens e sinal para parar, e foram ignorados pelos bandidos que trocaram tiros contra a guarnição.

Segundo a PM, esta guarnição efetuou dois disparos contra o veículo, onde um dos disparos atingiu o ombro esquerdo de Januario Junior da Silva Costa, de 20 anos que estava no banco do carona. Ele foi socorrido, mas não resistiu vindo a óbito. Segundo investigações da PM, Januario era de Nortelândia e estava na casa de um parente no bairro Cohab Serra Azul há dias. Já o seu parente afirmou a polícia desconhecer que o suspeito roubava carros. Os outros bandidos conseguiram fugiram em direção a uma região de matagal, um deles conta a testemunha, com uma arma em punho.

APREENSÃO – No carro, a polícia encontrou um aparelho celular, chaves, relógio de marca, anéis e molhos de chaves e carteiras e diversos CDs pertencentes ao dono do veículo. Além de facões, várias roupas, canivete, e uma carteira de trabalho provavelmente dos bandidos. Também foi apreendido um simulacro cano longo de cor preta em um dos bancos do carro. As investigações serão feitas pela Polícia Judiciária Civil. Dois suspeitos ainda não identificados continuam foragidos.

                              
Deyvson Aguiar / O DIVISOR
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario