Assaltante é morto pela PM após fazer crianças de reféns


Policiais militares mataram um dos dois assaltantes que, na tentativa de escapar a um cerco, fizeram uma família refém, no começo da noite de quarta-feira (1º), no bairro Jardim Itororó, em Várzea Grande.

Os ladrões invadiram uma residência, onde fizeram duas crianças reféns, sendo uma de 12 e outra de dois anos.

Um dos bandidos estava armado com uma faca e ameaçou cortar o pescoço de uma das crianças, caso os policiais invadissem a casa para prendê-los.

O caso ocorreu por volta das 18 horas. O outro assaltante, um homem de 34 anos, foi preso.

Conforme os PMs, eles mantiveram a calma e tentaram convencer os suspeitos, mas estes estavam visivelmente nervosos e já tinham encostado a faca várias vezes nas duas crianças.

“Em um dado momento, houve uma oportunidade de um policial fazer um único disparo fatal, atingindo um deles na cabeça”, relatou um dos policiais.

O policial que atirou informou que o bandido estava fugindo e já havia passado por várias casas. Por fim, ele entrou numa residência, fazendo uma mulher e criança refém, sob ameaça de matá-las a golpes de faca.

“O PM, para resguardar a vida da mulher e da criança, fez disparo, que acertou a cabeça”, explicou um dos oficiais.

De acordo com os PMs, inicialmente, os dois assaltante praticaram roubo contra uma mulher, no Supermercado Comper, levando uma bolsa.

Em seguida, tentaram mais um roubo em uma residência do Jardim Itororó, bem distante da primeira ação criminosa.

Eles depararam com uma viatura e fugiram, pulando vários muros, até fazer as crianças e a mulher de reféns.

O bandido morto ainda não foi identificado. O outro foi levado para a Central de Flagrantes de Várzea Grande.
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario