Investigadora é demitida por suborno

A investigadora da Polícia Civil, Érica Santana Souza Nascimento Dias, foi demitida do serviço público pelo governador Silval Barbosa (PMDB). A exclusão dos quadros da corporação está publicada no Diário Oficial que circula nesta sexta-feira (10) e ocorre após término do Processo Administrativo Disciplinar (PAD).
De acordo com o despacho, Érica “praticou inúmeros ilícitos administrativos, distanciando-se assim dos princípios institucionais”. A agora ex-policial teria recebido R$ 400 para liberar um veículo apreendido, caso registrado no início de 2013, ocasião em que ela acabou presa.
Érica atuava na Delegacia de Trânsito na ocasião e foi flagrada por policiais da Corregedoria da Polícia Civil. Ela foi presa pela delegada Ana Paula Crema Botasso, em um salão de beleza no bairro Jardim Europa, em Cuiabá, no dia 16 de janeiro de 2013, após as investigações constatarem que ela teria recebido o dinheiro para liberar o veículo sem “as formalidades legais”.
Dias depois, acabou solta mediante pagamento de fiança e, desde então atuava na corporação em outro setor.
Fonte: Gazeta Digital
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario