Preso suspeito de abusar e engravidar criança de 11 anos

Policiais civis prenderam um homem de 35 anos, acusado de estuprar e engravidar uma menina de 11 anos, neta de sua convivente.

A prisão ocorreu na terça-feira (16), no bairro Ribeirão da Ponte, em Cuiabá, após o suspeito ter a prisão preventiva decretada pela Justiça. A prisão foi decretada pela 14ª Vara Criminal de Cuiabá após o pedido da delegada Luciani Barros.

Segundo investigação feita pela Delegacia de Defesa da Criança e do Adolescente da Capital (Deddica), a criança era abusada desde os oito anos de idade, mas o caso somente foi denunciado à Polícia Civil no final do mês de novembro, após a mãe da menina de 11 anos comparecer na unidade policial com o exame de gravidez da filha.

A vitima, em razão da pouca idade e da gestação, está recebendo acompanhamento de médicos e de psicólogos do Hospital Universitário Julio Muller.

Aos policiais, a mãe contou que notou alterações no corpo da filha e a levou para exames de laboratório, onde, para sua surpresa, foi diagnosticado que a menina está gestante de aproximadamente seis meses.

No atendimento psicossocial, a vítima relatou que o marido da avó materna estava abusando sexualmente dela há mais de três anos, e que os abusos ocorriam na residência da própria avó da vítima e também em uma residência desabitada do patrão da avó, mediante graves ameaças de morte à menina e aos seus familiares.

A vítima disse ainda, que, por vezes, o suspeito ameaçava espancar sua avó, caso ela não deixasse ele praticar os abusos.

Durante os abusos, que duraram mais de três anos, o suspeito, inicialmente, acariciava as partes íntimas da vítima, obrigava a menina a fazer sexo oral, e introduzia os dedos na vagina dela.

Pouco antes da criança completar 11 anos, passou a manter relações sexuais com ela, que resultaram na gravidez precoce da vítima.

Após ser interrogado na Deddica, o suspeito foi encaminhado para uma unidade prisional da Capital, que não foi divulgada pela Polícia por questão de segurança.

Fonte: Adilson Rosa - Midia News
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario