Repórter da TV Record é agredido por advogado dentro de delegacia

O jornalista Disney de Paula, repórter do programa Cadeia Neles (TV Record), foi agredido com chutes, socos e pontapés na noite deste sábado durante a gravação de uma reportagem na Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá. O acusado é advogado de dois homens detidos pela polícia. 

De acordo com a Polícia Civil, dois advogados não queriam que os seus clientes fossem filmados pela equipe do programa policial. Ainda conforme testemunhas, os advogados de nomes ainda não revelados empurraram o cinegrafista e deu um soco no repórter. 

A confusão foi apartada pelos policiais que encaminhavam os detidos. O jornalista registrou um boletim de ocorrência e irá entrar com uma representação na Ordem dos Advogados (OAB). Em uma rede social, o repórter desabafou sobre o caso.

Veja a postagem:

"FUI VÍTIMA"

Na noite de sábado (31), na porta da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá. Dois homens, um deles menor de idade, foram detidos em flagrante suspeitos de roubo. Até aí seria para mim, mais uma cobertura de ocorrências policias. O que me surpreendeu mesmo, foi que no momento em que iniciei a gravação, dois advogados partiram para cima da nossa equipe (Repórter, Cinegrafista e Auxiliar), com chutes, socos e ponta pés, na tentativa de impedir que fizéssemos imagens dos seus ilustres clientes. As agressões só cessaram com a interferência da policia. Confesso que essa forma de fazer defesa criminal me surpreende, sem falar que fere a liberdade de imprensa. Sendo assim, pra que estudar direito, conhecer de leis, fazer a carteirinha da OAB, para depois se valer da brutalidade. Não quero aqui generalizar, claro que isso é uma minoria de desequilibrados que acaba por manchar a imagem de uma profissão tão honrada e importante para a democracia, assim como a minha de jornalista. Apanhei, mas não quero revanche, e sim respeito!
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario