Governo anuncia duplicação de 2º trecho da Rodovia MT-251

A duplicação do segundo trecho da Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, foi autorizada pelo Governo do Estado, na terça-feira (26). 

Em janeiro deste ano, a obra tinha sido suspensa para que o contrato fosse revisado, em razão de possíveis irregularidades e descumprimento das metas.

A obra está orçada em R$ 23.117.510, 96 e será paga com recursos da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide). 

Serão duplicados cerca de 3,6 quilômetros da via. A alteração deverá ter início ainda neste ano. 

O trecho a ser duplicado está localizado entre o trevo de acesso à MT-010 (Estrada da Guia) e à Fundação Bradesco, no trevo que dá acesso ao bairro Jardim Vitória. 

Conforme a assessoria de imprensa da Secretaria de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso (Sinfra), o Governo está trabalhando para obter as últimas licenças ambientais junto à Secretaria de Meio Ambiente (Sema). 

Além disso, estão sendo elaborados os últimos ajustes no projeto executivo, para minimizar o impacto das desapropriações.

A princípio, a duplicação seria inserida dentro do antigo "MT Integrado" (atual Pró-Estradas – Construção), porém isso não foi possível por descaracterizar o propósito do programa, pelo fato de que o trecho não ligava dois municípios. 

O Governo do Estado realizará nova licitação para promover revisão do projeto executivo da obra. 

Cide

As obras serão pagas com recursos da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), tributo cuja competência de arrecadação é da União e pode ser instituído em diversas áreas. 

Parte dele será destinada aos estados, como Mato Grosso, que irá destiná-lo para essas obras.

MT-010

A Rodovia MT-010, também conhecida como Estrada da Guia, passará por um processo de recuperação funcional. 

De acordo com a Sinfra, a medida buscará garantir uma maior trafegabilidade de veículos e segurança aos usuários.

Os reparos vão começar neste primeiro semestre, nos pontos considerados mais críticos da rodovia, onde existem os trechos de asfalto mais deteriorados por falta de manutenção.

Obras paralisadas

Em janeiro deste ano, o governador Pedro Taques determinou a suspensão das obras de execução do projeto executivo de implantação e pavimentação da MT-251.

O contrato firmado entre a empresa Ecoplan Ltda. e a Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra) teve de ser revisado pela equipe técnica do Executivo mato-grossense, para verificação de possíveis irregularidades e cumprimento das metas determinadas. 

A suspensão do projeto fez parte da execução do Decreto 02/2015, assinado por Taques, ainda durante sua primeira semana de administração.


Fonte: Midia News
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario