'Liberdade' prevê 'transa bruta' em cena quente de Ricardo Pereira e Caio Blat

"Liberdade, liberdade", novela das 23h, mostrará a primeira cena de sexo entre dois homens na Globo.

Na história de Mário Teixeira, Tolentino (Ricardo Pereira) e André (Caio Blat) transarão e darão um beijo "caliente".

A sequência será dirigida por Vinícius Coimbra.

Tudo começará quando Tolentino brigar com o Intendente Rubião (Mateus Solano). Ele será consolado por André.

- Você vai esquecer isso. Tenha paciência, deixe o tempo passar.

- Não creio que vá esquecer.  O Intendente vive a me espezinhar. Trata-me como a um cão. Pior. Como a um preto. Cheguei ao meu limite.
André falará que Rubião é um homem cruel, mas que Tolentino tem amigos.

- Um único. Tenho um só amigo. Você, André. Que é sensível. Capaz de entender os mistérios da vida. As voltas que o mundo dá. As surpresas que a vida nos reserva...

-Inclusive as surpresas... sobre nós mesmos? - questionará André.

O capitão ficará tímido:

- Sim. Você mesmo me disse um dia. Que todos temos uma segunda natureza. Que às vezes permanece oculta...

- Mas não para sempre - concluirá André.

Depois disso, eles se abraçarão e rolará um clima. Na cena, o autor pede "olhos no olhos". André se aproximará para um beijo.

Primeiro, Tolentino vai virar o rosto,  mas por fim não resistirá. Na cena, há a indicação para "um beijo represado, afoito, desesperado e angustiado".

Tolentino empurrará André para a cama. Eles começarão a transar. Uma "transa urgente, adiada, bruta e tão ansiada", conclui Mário Teixeira no texto da novela.

Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario