Taques nega apoio a Botelho e interferência na eleição da Mesa

O governador Pedro Taques (PSDB) negou que esteja apoiando o deputado Eduardo Botelho (PSB) na eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, que acontece em setembro.

Em conversa com a imprensa na tarde desta terça-feira (28), no Palácio Paiaguás, o tucano disse que não irá interferir no andamento das eleições que escolherá o comando do Legislativo para o biênio 2017-2018.

“Essa é uma decisão da Assembleia Legislativa e não cabe ao governador se imiscuir, adentrar, em eleição de Mesa Diretora”, disse.

“Os deputados escolhem o seu destino. Cabe a eles escolherem o que é melhor para o Legislativo, como eu escolho o que é melhor para o Executivo de Mato Grosso”, afirmou.

Essa é uma decisão da Assembleia e não cabe ao governador se imiscuir em eleição de Mesa Diretora

A declaração vai de encontro às informações de bastidores que dão conta de que o Palácio Paiaguás retirou seu apoio ao presidente Guilherme Maluf (PSDB), que tentaria a reeleição.

O deputado foi chamado para uma reunião, há pouco mais de uma semana, e foi comunicado por Taques que Botelho, atual vice-presidente da Casa, será o candidato do Executivo.

O motivo principal, que teria sido alegado, é que Maluf estaria desgastado junto à parcela significativa dos deputados, por conta do estilo de sua atual gestão.

“O Paiaguás não está nem um pouco envolvido nessas eleições. Quem cabe discutir eleição de Mesa são os deputados”, completou Taques.

Fonte: Mídia News
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario