Mato Grosso tem 81 cidades com alto risco da doença zika vírus

Devido à incidência do zika vírus, que somam 23.153 casos suspeitos, Mato Grosso está em risco alarmante da doença, com 709 casos por 100 mil habitantes. De acordo com dados do Boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), 120 municípios notificaram casos suspeitos e o Estado tem 81 cidades com alto risco da doença. O principal transmissor é o mosquito Aedes aegypti, que, quando infectado, pode passar a doença a humanos pela picada.

O boletim revela ainda que Mato Grosso registrou ainda 25.934 casos de dengue neste ano. No mesmo período, no ano de 2015, foram registradas 20.465 notificações, o que representa um aumento de quase 21%. Este ano há registro de quatro mortes confirmadas nos municípios de Juína, Sinop, Tangará da Serra e Cuiabá.

O levantamento revela ainda que já foram registrados este ano 1.257 casos suspeitos de febre chikungunya, o que representa uma incidência de 38 casos para cada grupo de 100 mil habitantes.

Diante do aumento no número de casos notificados, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) reforça o alerta para a intensificação das ações de prevenção e controle da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus aos 141 municípios mato-grossenses.


Fonte: Olhar Direto
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario