Carlos Bezerra avalia que Pedro Taques "tira mais voto do que dá

Carlos Bezerra avalia que Pedro Taques Presidente do principal partido de oposição ao Governo do Estado, o deputado federal Carlos Bezerra (PMDB), avalia que o governador Pedro Taques (PSDB) tirará mais votos do que agregará aos palanques de candidatos a prefeitos nas eleições de 2016, em decorrência da falta de obras no interior do Estado.

“Pergunta para o povo o que o governo tem feito em Mato Grosso em algum lugar? Fez alguma coisa aqui em Sinop ou em algum lugar do Estado? Não sei se isso dá voto ou tira voto. Acho que mais tira voto do que dá voto”, ponderou Carlos Bezerra, ao ser questionado sobre como enfrentar o discurso de alinhamento entre prefeito e governador.

Este é o caso da eleição em Sinop, onde o candidato Roberto Dorner (PSD) e seu candidato a vice Fernando Assunção (PSDB) tentam conquistar a prefeitura na esteira do discurso de alinhamento com o governador Pedro Taques e com o vice-governador Carlos Fávaro (PSD).

Lá, a administração municipal está há dois mandatos nas mãos de Juarez Costa (PMDB), que agora apoia sua vice-prefeita, Rosana Martinelli (PR), para sucessão, ambos de partidos de oposição ao atual Governo do Estado. Para contrapor o discurso de alinhamento, Bezerra recorre ao de continuidade.

“A Rosana é uma mulher preparada, uma mulher com boa capacidade executiva. Ela vai dar continuidade a esse trabalho que o Juarez começou em Sinop. É disparadamente a melhor administração municipal de Mato Grosso. Isso não pode parar. Sinop acertou com Juarez e vai dar continuidade com a Rosana”, afirma Bezerra.

Quem concorda com Bezerra é o também deputado federal Valtenir Pereira (PMDB). Para ele, mais importante que ser “alinhado” com o Governo do Estado é o candidato possuir capacidade para conseguir recursos junto ao Governo Federal, atualmente comandado pelo PMDB, através do presidente interino Michel Temer.

“Esse grupo que está aqui sabe trabalhar, sabe buscar recursos, sabe fazer articulação. E é isso que faz a diferença na gestão do Juarez e isso que vai continuar fazendo diferença no governo da Rosana”, pontuou Valtenir. Para ele, o Governo do Estado em si não tem aparecido com investimentos novos, mas apenas com a conclusão daquilo que foi iniciado na gestão passada, de Silval Barbosa (PMDB).

“Nós não temos visto investimento do governo estadual em Mato Grosso. Obras que ele está inaugurando são obras deixadas pelo governo anterior. Fomos agora em Colniza, na maior ponte de concreto construída até agora, 350 metros de mão dupla, começou no governo anterior e está sendo entregue neste governo. Não vejo nada que ele esteja contribuindo com o desenvolvimento de Sinop”, concluiu.


Olhar Direto
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario