Cruzeiro usa histórico como trunfo para mata-mata diante do Grêmio

(Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)Quando Cruzeiro e Grêmio pisarem no gramado do Mineirão, na noite desta quarta-feira, abrindo as semifinais da Copa do Brasil, além do título da competição em 2016, estará, também, um grande histórico entre os dois maiores vencedores do torneio. Raposa e Tricolor, juntos, faturaram oito vezes a taça, mas os mineiros ainda se apegam a um detalhe: nunca foram eliminados pelos gaúchos em mata-matas.
Em confrontos pela Copa do Brasil, Cruzeiro e Grêmio se encontraram na final do torneio em 1993. A primeira partida terminou com um empate sem gols e, na volta, a Raposa bateu o adversário por 2 a 1, conquistando a taça naquela oportunidade.
Ocorreram ainda encontros entre as equipes pela Taça Brasil e Copa Libertadores, mas em nenhuma oportunidade o Cruzeiro deixou o gramado de jogo triste diante do Grêmio. O histórico geral mostra 30 vitórias mineiras, 20 gaúchas e 17 igualdades, 87 tentos a favor da Raposa contra 67 sofridos.
O técnico Mano Menezes espera um duelo complicado contra o Grêmio, mas sonha com a classificação. “O Grêmio é um adversário duríssimo. Vão estar reunidos nesta semifinal os dois maiores ganhadores de Copa do Brasil até agora. Isso traz junto à crença do torcedor, a força que ele vê nesse tipo de competição”, destacou o comandante.
E a crença do torcedor dita por Mano Menezes vai fazer o Mineirão ficar lotado. Até a última parcial de ingressos divulgada, mais de 45 mil cruzeirenses já tinham garantido suas entradas para a partida.
Fonte: Gazeta Esportiva
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario