Estudante reaparece em MT; jovem denuncia falso sequestro

A estudante Lucivânia Alencar de Teixeira, 19, desaparecida há dois dias na cidade de Sorriso (420 km de Cuiabá) e teve fotos nuas enviadas por WhatsApp foi encontrada caminhando com as mãos amarradas às margens da Rodovia BR-163 na noite desta quarta-feira (19). Um rapaz de 18 anos detido pela PM envolvido em seu sumiço contou a Polícia Civil que a própria moça forjou o seu sequestro.
A jovem foi encontrada ainda com as mãos amarradas por uma equipe da Rota do Oeste, concessionária que administra a rodovia, nas proximidades do Trevo que dá acesso a cidade de Vera. Bastante atordoada, ela recebeu atendimento médico e precisou ser encaminhada para um hospital em Sorriso.
A Polícia Militar ao tomar conhecimento do fato fez buscas na região onde a estudante foi encontrada e conseguiu prender o jovem João Pedro Bressan, 18, que acabou confessando estar envolvido no sumiço da jovem. Uma arma de fogo também foi apreendida no local usado como cativeiro.
Encaminhado a delegacia, o rapaz contou em seu depoimento que não houve sequestro e que toda esta situação foi armada pela própria estudante. Segundo ele, Lucivânia temia que o marido terminasse o relacionamento após tomar conhecimento das fotos íntimas divulgadas pelo ex-namorado.
Ainda de acordo com o rapaz, ele recebeu o pagamento de R$ 600 para fazer parte da farsa, porém gastou grande parte do dinheiro para manter a jovem no cativeiro com alimentação. A vítima será ouvida pela Polícia Civil ainda nesta quinta-feira.
EX-NAMORADO SE APRESENTA
O técnico agrícola Marcelo Martins Soares, ex-namorado de Lucivânia, e apontado como principal suspeito do sequestro e a obrigado a posar nua para fotos que foram enviadas ao marido da moça, se apresentou espontaneamente na delegacia de Nova Xavantina também na noite de ontem. Ele negou envolvimento com o caso.
Após prestar depoimento ao delegado e apresentar um cartão de ponto de seu trabalho para comprovar que estava em Nova Xavantina em todos os dias que a moça estava desaparecida, o rapaz foi liberado.
O CASO
Lucivânia está desaparecida desde a noite de segunda-feira (17) quando saiu de sua residência para ir comer. De acordo com a Polícia Civil, o marido chegou a receber fotos nuas dela e foi chantageado a pagar uma quantia em dinheiro para que as imagens não fossem divulgadas na internet.
Familiares da moça suspeitavam que o ex-namorado Marcelo era o autor do sequestro. Algumas ligações foram feitas por parentes da estudante indicando onde estava a motocicleta dela. 
Fonte: Gazeta Digital
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario