Record abre o ano com crescimento de 25% de audiência

De 1º de janeiro a 10 de fevereiro, as redes abertas só cresceram em ibope, em relação ao mesmo período de 2015.
Crise? Mais gente em casa? Mudanças acertadas na programação?
Tudo isso junto e misturado.
Em São Paulo, por exemplo, a Record foi a emissora que mais cresceu em audiência na média das 7h à meia-noite. A rede viu sua plateia subir 17% em relação ao ano anterior. Só na faixa da tarde, a emissora cresceu 21%.
Na média geral, a Globo cresceu 3%, e o SBT, 5%.
Entre os paulistas, o maior crescimento da Globo veio na faixa nobre, das 18h à meia-noite, onde a rede passou de 22,4 pontos psara 23,5 pontos.
Nessa mesma faixa nobre, a Record cresceu 12%, indo de 7,9 pontos de média, para 8,9 pontos. O SBT cresceu 6%.
As três emissoras conseguiram bons resultados na faixa com dramaturgia.
Na média diária no Rio, a Globo teve um crescimento de 3% em 2016, a Record, 10%, e o SBT perdeu plateia, caiu 9%.
O maior crescimento da Record veio em Salvador. Das 7h à meia-noite, a emissora teve um aumento de 45% de sua audiência em relação ao mesmo período em 2015, chegando a média de 6,9 pontos.
Coincidência ou não, a Globo caiu 3% na região.
Na média nacional, as três maiores redes abertas ganharam público. A Globo cresceu 4% na média diária, a Record, 25% e o SBT, 24%.
Texto: Keila Jimenez - R7
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario