Ibama diz que pesca continua proibida em MT

A piracema terminou no dia 31 de janeiro nos rios de Mato Grosso, mas a pesca continua proibida nos chamados rios federais. A informação é do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente), responsável pela fiscalização nesses rios.

Os rios que ainda não tiveram a pesca liberada são Madeirinha, Roosevelt, Guariba, Aripuanã, Teles Pires, Xingu, Araguaia, Paraguai e Juruena, e os respectivos afluentes.

Os rios federais passam por mais de um estado da federação ou ainda por outros países. Neles, o período de defeso vai até 28 de fevereiro, seguindo calendário nacional.

A data do fim da piracema nesses rios só será alterada caso haja ato normativo nesse sentido do governo federal, por meio do Ministério da Agricultura em conjunto com o Ministério do Meio Ambiente.

Nos rios de Mato Grosso que não são federais, a piracema terminou no fim de janeiro. Balanço parcial da Secretaria de Meio Ambiente e da Polícia Militar Ambiental aponta que foram apreendidas sete toneladas de pescado irregular entre os dias 1º de outubro de 2016, início do período de defeso, e o dia 20 de janeiro de 2017.

O valor total das multas aplicadas no período é superior a R$ 563 mil.

Fonte: Mídia News
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario