Beneficiárias do Bolsa-Família devem procurar as unidades de saúde

A Secretaria de Saúde de Cuiabá está convocando as famílias beneficiárias do programa Bolsa-Família, do Governo Federal, acompanhadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para comparecerem às Unidades Básicas (UBS) mais próximas de sua residência para cumprir a condicionalidade da saúde do programa.
Nas unidades serão checados se os beneficiários estão em dia com o  calendário de vacinação, e ainda o acompanhamento da pesagem e estatura das crianças e pré-natal no caso das gestantes.
A nutricionista Laura Vicuna Botelho dos Santos, Responsável Técnica do Programa da Alimentação e Nutrição, da Diretoria de Atenção Básica, explicou que o público alvo dessa convocação são as mulheres em idade fértil e as crianças menores de 07 anos. No total, na 1ª Vigência de 2017,  17.669 famílias serão  acompanhadas no Bolsa Família.
Segundo a nutricionista, um dos critérios para o recebimento do Bolsa-Familia é o cumprimento da condicionalidade saúde. Assim, o governo federal garante  à população os serviços da Atenção Básica ligados à vacinação, acompanhamento do crescimento e desenvolvimento da criança menor de sete anos, além do pré-natal da gestante, assistência pós-parto, e a  vigilância nutricional.
Em relação ao benefício, as famílias são acompanhadas obrigatoriamente duas vezes ao ano, e o prazo da 1º Vigência de 2017  termina no dia 20 de abril.
“As famílias que deixarem de cumprir a condicionalidade, ou seja, não comparecem a uma Unidade Básica de Saúde para fazer o acompanhamento do calendário vacinal, verificação da  pesagem e medição de altura e a realização do pré natal no caso das gestantes, podem ter o benefício suspenso por falta de atualização”, alertou a responsável técnica.
Ao comparecer nas UBS, os pais ou responsáveis  devem levar a caderneta de saúde (caderneta de vacinação) das crianças e a responsável legal (ou mãe) levar o cartão do benefício. Se a mãe estiver grávida, deve levar também a caderneta  de   gestante.
As 91 UBS da rede pública de Cuiabá, composta pelos Centros de Saúde e Programa de Saúde da Família (PSF), estarão atendendo no seu horário normal de funcionamento, das  7 às 11 horas e das 13 às 17 horas, de segunda a sexta-feira.
Bolsa-Familia
O Programa Bolsa Família surgiu em  2003 com a intenção de combater a miséria no país e servir como trampolim para o desenvolvimento social da população.
Para receber o benefício as famílias precisam estar dentro dos grupos beneficiados e cumprir algumas condições como por exemplo, os filhos frequentarem a escola, o acompanhamento do estado de saúde das crianças, entre outros.
O Programa atende as famílias que vivem em situação de pobreza e pobreza extrema.
Redação EXTRA MT
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario