Tio e padrasto são presos acusados de abusar de adolescentes

Tio e padrasto foram presos pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (7), acusados de estupro de vulnerável, nos bairros Dom Aquino e Osmar Cabral, em Cuiabá.

No primeiro caso, E.S.C., 35, é casado com a tia da vítima e responderá pelo estupro da sobrinha, atualmente com 14 anos.

As investigações contra o suspeito iniciaram em abril, quando a mãe da menor procurou a Deddica para relatar que a filha era abusada pelo tio, desde os 13 anos.

Segundo as informações, a adolescente engravidou de E.C., mas não contou quem era o pai por medo da reação do agressor.

O tio chegou a dizer que registraria a criança, antes que a família descobrisse que ele era o autor dos abusos.

Após ser denunciado, E.S.C. passou a ameaçar a adolescente de morte, caso ele fosse preso.

Com base nas investigações, o delegado Daniel Lemos Valente representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, decretado pela Justiça.

Prisão de padrasto

No segundo caso, A.T.L., 58, é acusado do estupro da enteada, de 13 anos.

O suspeito mora com a mãe e os irmãos da vítima, em uma chácara no bairro Osmar Cabral.

Segundo a Polícia, os abusos foram denunciados pelo tio da menina, que percebeu a mudança de comportamento da menor.

Ao questioná-la sobre o que estava acontecendo, ela escreveu em um caderno que era abusada pelo padrasto, desde os 10 anos de idade.

De acordo com as informações, em uma ocasião anterior, a escola já havia denunciado o suspeito ao Conselho Tutelar, porém em entrevista a vítima negou os fatos, por medo e vergonha da situação.

Segundo a menina, os abusos ocorriam quase todas as noites e, as vezes, durante o dia, quando o padrasto a chamava para caçar.

Recentemente, a vítima começou a perceber que o padrasto começou a molestar a sua irmã, de 11 anos, passando a mão no corpo dela e fazendo promessas de presentes.

Em maio, o tio fez nova denúncia à Promotoria da Infância e Juventude, conseguindo a guarda da vítima e de seus irmãos.

Na ocasião, o suspeito foi detido por posse ilegal de arma de fogo e encaminhado para audiência de custódia na Capital.

Com a ordem de prisão decretada por estupro de vulnerável, o acusado foi localizado pela equipe da Deddica. 

Fonte: http://www.midianews.com.br/policia/tio-e-padrasto-sao-presos-acusados-de-abusar-de-adolescentes/300935
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario