Em Poconé verba indenizatória para prefeito e secretários é reprovado pela Câmara

Resultado de imagem para poconé mtUm projeto de lei em que visa criar verba indenizatória para Prefeito, Secretários e outros servidores foi reprovado em sessão extraordinária realizada na manhã desta quarta-feira (20), no plenário da Câmara Municipal de Poconé.
O vereador Zé Correa (PR) ainda tentou pedir vistas alegando mais tempo para analisar o Projeto, mas foi vencido pelos colegas que rejeitaram o pedido de vistas. O Projeto de Lei recebeu 8 votos contrários, apenas os vereadores Zé Correa (PR) e Juarez Dionizio (PV) votou a favor da criação da Verba Indenizatória.
A verba indenizatória para o prefeito seria de R$ 7,8 mil. Os secretários municipais, controlador geral e os procuradores geral e fiscal receberiam R$ 2 mil. Já os adjuntos e superintendentes seriam contemplados com R$ 1,12 mil.
Para diretores de departamentos a verba indenizatória seria de R$ 660 enquanto chefes distritais e secretária de gabinete receberiam R$ 500. Já para coordenadores, outras chefias, assessores e gerentes de departamentos da prefeitura o valor estabelecido é R$ 200.
Na justificativa do Projeto, a verba indenizatória teria como objetivo reembolsar despesas de diárias e passagens dentro do Estado. Também estariam incluídos ajuda de custo de vestuário adequado e outras despesas inerentes ao exercício dos cargos.
Fonte: www.poconet.com.br
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario