Sete pessoas morreram afogadas no final de semana em MT

O fim de semana foi marcado por tragédias nos rios de Mato Grosso. Sete pessoas morreram afogadas em diferentes pontos do Rio Cuiabá e na Cachoeira da Martinha, em Chapada dos Guimarães (67 km de Cuiabá) entre sábado (19) e domingo (20).

O primeiro caso foi registrado pelo Corpo de Bombeiros no Bairro Vitória Régia, em Várzea Grande, no início da tarde de sábado.

Dois irmãos - Cleonil Aparecido Pereira da Silva, de 16 anos, e João Vítor Rodrigues da Silva, 20 – tomavam banho de rio quando João Vítor começou a se afogar.

Cleonil tentou salvar o irmão mais velho, mas acabou se afogando junto. Os corpos foram encontrados no domingo.

No segundo caso, também no sábado, um garoto de 12 anos morreu afogado na região de Passagem da Conceição. Os militares localizaram o corpo do menino no domingo.

Já no início da tarde de domingo, um homem identificado apenas como “Baianinho” teria ingerido bebida alcoólica e se afogou no Rio Cuiabá, na Ponte Júlio Müller, no Bairro Porto. O corpo foi encontrado pouco depois pelos bombeiros.

Mais uma vez na Passagem da Conceição, em Várzea Grande, os jovens - Douglas Brian, de 18 anos, e Max Douglas, 19 anos – desapareceram no rio e as buscas ainda continuam.

Um rapaz, identificado como Mike Vinicius Bonaroti Nogueira, de 26 anos, morreu afogado na Cachoeira da Martinha na tarde de domingo. O Corpo de Bombeiros informou que ele estava em um excursão de 30 pessoas e teria ingerido bebida alcoólica. 

Em determinado momento, Mike subiu em uma pedra de aproximadamente três metros e pulou no riacho, mas acabou batendo a cabeça e submergiu na água.

Os colegas só sentiram sua falta cinco minutos depois e começaram a procurá-lo. Seu corpo foi localizado embaixo da água pouco depois.

Bianca Fujimori - Mídia News
Share on Google Plus

Assuntos Relacionados

0 comentários :

Postar um comentário

Deixe seu Comentario